*Francisco de Abreu Cavalcante

Pertence ao quarto livro “Miséria e Utopia no Terceiro Milênio” a ser publicado em breve.

XXXIII
Vejamos aqui a realidade transparente
Nas duas centenas de países terrestres,
Com um bilhão e quatrocentos milhões
De criaturas famintas, vivendo agrestes.

XXXIV
Chegamos ao terceiro milênio previsto
Esperançosos de mudanças por acontecer,
Pedimos a Deus perdoar as injustiças
Que levam os desfavorecidos a sofrer.

XXXV
Particularmente preciso evidenciar
A situação existente, num país varonil,
Vinte por cento da pobreza do mundo
Também é evidente em nosso Brasil.

XXXVI
A pobreza de nossos irmãos africanos,
Conta com percentuais mais elevados,
Quase metade da população vivendo
No próprio país como seres escravizados.

XXXVII
É triste, muito triste saber que existem
Pessoas infelizes no mundo a sofrer
Sem a menor dignidade humana
Vivendo miseravelmente até morrer.

*Professor, memorialista e poeta. Natural da cidade de Itacoatiara.
Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui