Existe somente uma estação climática na Amazônia: Verão chuvoso e verão sem Chuva. O amazonense chega até a duvidar dos serviços meteorológicos da região, pois muitas vezes é divulgado um dia claro com sol a pino e de repente desaba um pampeiro colossal, um termo utilizado pelo homem da floresta para identificar os temporais. A evaporação intensa na floresta forma nuvens cheias de águas que desaguam em nosso belos rios, flutuam no firmamento empurrado por ventos fortíssimos que se deslocam através da massa úmida, nosso clima peculiar quente e úmido assustam os visitantes, porém acolhe e nos faz sentir filhos desta terra tão abençoada.

Contudo, precisamos estar atento durante esta fase de transição para o período do verão prolongado sem chuvas que deve se estender até meados de outubro, temos que conviver com temperaturas elevadas e com umidade do ar relativamente baixa e nesta época é comum nosso sistema imunológico sofrer com estas mudanças bruscas de temperatura, por isso devemos redobrar nossos cuidados, especialmente nestes tempos de pandemia.

Além do novo coronavírus que continua circulando, temos também as doenças respiratórias comuns como as síndromes gripais que podem afetar principalmente crianças e idosos. Estamos em um momento crítico de saúde pública e qualquer ação de prevenção será de grande valor para sua saúde, pequenas atitudes podem nos ajudara fortalecer nosso organismo.

Primeiramente, não podemos relaxar as medidas de proteção contra o coronavírus, use máscaras, lave corretamente as mãos com água e sabão, evite ambiente fechados e hidrate-se! Devido a nossa transpiração, recomenda-se trocar a máscara a cada 2 horas ou ao perceber o acúmulo de umidade no tecido.

Evite a exposição prolongada ao sol, durante o verão amazônico não recomendamos a exposição nos horários de maior incidência dos raios solares que variam de 9h às 15h, use protetor solar, e cubra a cabeça com um chapéu, isto em qualquer idade, pois o aumento da temperatura corporal causa desidratação. Lave também as mucosas nasais com soro fisiológico, foque na alimentação saudável para melhorar sua imunidade, e ao sentir o corpo fraquejando apele para uma boa canja de galinha.

Viveremos um verão diferente, o combate ao coronavírus continua, busque atualizar as vacinas contra a gripe disponíveis na rede pública, proteja sua família e cuidem-se!

Compartilhar
Euler Ribeiro
*Amazonense de Itacoatiara. Médico, MD. PhD em Geriatria e Gerontologia. Ex-secretário de Saúde e ex-deputado federal pelo Estado do Amazonas. Fundador e atual Reitor da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade. Membro das academias amazonenses de Letras e de Medicina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui