Desafios à produção de alimentos no AM
Desafios à produção de alimentos no AM

Fiquei estarrecido com a divulgação do último relatório da ONU: “o mundo terá 10.9 bilhões de pessoas em 2050” e apesar da taxa de fecundidade ter diminuído o que veremos é a multiplicação dos sexagenários, por um lado é maravilhoso acompanhar o aumento da expectativa de vida, porém já enfrentamos desafios gigantes para proporcionar qualidade de vida para esta população envelhecente e um dos fatores que causará mais impacto certamente será a alimentação.

Desde o princípio o homem das cavernas já se alimentava de folhas e animais da floresta e à medida que a evolução avançava buscou produzir alimentos para seu sustento através da agricultura familiar. O homem multiplicou-se e os desafios de se produzir alimentos e estocá-lo foi necessário devido às mudanças climáticas ao longo do tempo e por fim a revolução industrial mudou de vez os padrões de consumo das sociedades favorecendo o aparecimento dos alimentos industrializados.

Ora, sabemos das vantagens na utilização das tecnologias para produção de alimentos, sem ela a situação do abastecimento a nível global seria quase impossível, mas houve uma queda nutricional muito grande e com.a migração da população rural para os grandes centros, modificamos totalmente nosso estilo de vida e adquirimos um novo quadro de populações obesas e desnutridas ao mesmo tempo.

Hoje podemos observar várias dietas sendo recomendadas para extrairmos os melhores benefícios de nutrientes dos alimentos, mas infelizmente a humanidade destrói seu próprio recurso natural necessário para uma boa alimentação, nossos rios são contaminados, poluímos cada vez mais o ar, usamos agrotóxicos em excesso, jogamos lixo nos oceanos e com isso afetamos toda nossa qualidade de vida.

Há os que defendem o uso de alimentos modificados geneticamente (alimentos transgênicos) como a salvação para suprir a necessidade das grandes populações. Atualmente comemos este tipo de produto e não sabemos, milhos, óleos de cozinha, soja, embutidos, todos foram modificados pela tecnologia, porém temos receio que estes estejam causando vários desvios na saúde como o câncer e doenças cardiovasculares. Na dúvida opte sempre por alimentos mais frescos, como frutas e verduras e tente não comer diariamente produtos industrializados.

Em uma realidade bem próxima temos até experimentos com carnes que serão desenvolvidas em laboratórios já que não teremos recursos naturais para criação de gados. Infelizmente o homem ainda não se deu conta que a melhor alimentação está na natureza e uma nova forma de agricultura sustentável é necessária para a preservação do meio ambiente. Quem viver, verá!

Compartilhar
Euler Ribeiro
Amazonense, de Itacoatiara. Formado em Medicina em Belém (PA), o médico geriatra completou os estudos em SP e nos EUA. Foi secretário de Saúde do Estado e deputado federal. Fundador da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI), ligada à Universidade Estadual do Amazonas (UEA). Membro das academias amazonenses de Letras e de Medicina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui