Poema recolhido da obra “Pedra Pintada (uma viagem à cidade da minha primeira infância)”, ainda inédita.

Todo ano a cidade é invadida de gente
de todos os lados do país,
que chega para oferecer as suas canções de amigo
e de bem querer.

Dentro da canção o povo reúne tudo,
das comidas boas feitas de peixes de rio
com o sabor das águas da Amazônia,
aos doces de frutas nativas;

do artesanato de palha de tucumã
tradição secular da Velha Serpa, à poesia erudita,
narração de histórias e oratória geral
religiosa ou política.

Aderiram à festa distintas formas de expressão,
expandiram-se as modalidades de esportes
da terra, das águas e do ar
como os papagaios de papel a voar.

Tudo nas canções que dominam as noites da cidade,
no festival de cultura dos Abacaxis.

Compartilhar
Elson Farias
*Poeta e ensaísta. Ex-presidente da União Brasileira de Escritores do Amazonas e da Academia Amazonense de Letras. Nascido em Itacoatiara é uma das glórias dessa cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui