Sentada, um dia, ao piano,

cansada e aborrecida,

deixei correr meus dedos,

vagamente,

sobre as teclas…

 

Já não recordo o que estava tocando,

com o que estava sonhando.

 

De repente

encontrei um acorde!

Felizmente!

 

Para mim foi o Amém,

o grande Amém,

Que deu sentido a tudo.

 
Obs.: Tradução do poema THE LOST CHORD de Adelaide A. Proctor. Consta do livro “Caminhos Missionários” Belém/PA.

Compartilhar
Marília Menezes
*Poeta e escritora. Ex-secretária da CRB. Trabalhou na Prelazia de Itacoatiara, em 1962-1963, ao tempo do bispado de dom Francisco Paulo Mc-Hugh (1924-2003), onde dirigiu o Colégio Nossa Senhora do Rosário. Em 1997 voltou a Itacoatiara para secretariar o bispo dom Jorge Marskell (1935-1998), até sua morte no ano seguinte. Sócia correspondente da Academia Amazonense de Letras. Reside em Belém, sua terra natal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui