Esta é razão da KEIHIN Tecnologia do Brasil acompanhar a evolução do processo produtivo e do avanço tecnológico de seus clientes. Seus produtos buscam atender conceitos de veículos sustentáveis, a engenharia verde, de um mundo mais equilibrado do ponto de vista do clima e das relações entre as pessoas. A ZFM está em festa pelos 20 anos da KEIHIN TECNOLOGIA DO BRASIL, no Polo Industrial de Manaus, que se deu no início deste milênio, em pleno coração da floresta amazônica – onde a economia anda de braços dados com a ecologia.

São 20 anos de Polo Industrial de Manaus, celebrados neste dia 27 de novembro. São 20 Anos na Amazônia, “fazendo o que é certo”, como diz um dos princípios fundamentais de sua filosofia. Esse princípio que se inspira no pensamento oriental e se confirma entre os pré-socráticos, quando Heráclito descreveu sua ideia de eterno movimento do universo. Esse conceito, que, 20 séculos depois, o filósofo naturalista Isaac Newton chamou de “força centrípeta”, outro pilar filosófico da Keihin, se explica e se consolida na atuação sobre os objetos em trajetórias circulares, tendo sempre um objetivo comum, o propósito comum e original da empresa, presente entre os 22 mil colaboradores do Grupo Keihin ao redor do mundo há 60 anos.  

 Produtos e preceitos 

Keihin responde por uma infinidade de produtos para o “funcionamento” de automóveis e motocicletas. E, assim procedendo, contribui para uma sociedade mais segura, confortável e sustentável, do ponto de vista social, econômico e ambiental. Sustentabilidade, inovação, proteção das nascentes, qualificação técnica e educacional, fazem da empresa uma das mais conceituadas no fornecimento de partes e peças das grandes indústrias de duas e quatro rodas, instaladas em Manaus, no Brasil e no Exterior.

Ecologia e Economia  

Esta é razão de acompanhar a evolução do processo produtivo e do avanço tecnológico de seus clientes. Seus produtos buscam atender conceitos de veículos sustentáveis, a engenharia verde, de um mundo mais equilibrado do ponto de vista do clima e das relações entre as pessoas. A ZFM está em festa pelos 20 anos da KEIHIN TECNOLOGIA DO BRASIL, no Polo Industrial de Manaus, que se deu no início deste milênio, em pleno coração da floresta amazônica – onde a economia anda de braços dados com a ecologia. Para a empresa, a grande festa é a satisfação do dever cumprido, gerando empregos, oportunidades e contribuindo com a proteção da diversidade biológica, cultural e étnica da sociedade.

Tecnologia e inovação 

Quando chegou em Manaus e se instalou formalmente no dia 27 de novembro de 2000, na Avenida Torquato Tapajós, 8003, iniciou com a produção de Carburadores para motocicletas. Atualmente produz Corpo de Aceleração, Bomba de Combustível, Tubo de Alimentação, e Regulador de Pressão para atender o seguimento de Duas Rodas do Polo Industrial de Manaus. Além disso, tem toda uma linha de produtos para atender o segmento de 4 rodas, automóveis e demais, no mercado interno e externo.

Clientes, fornecedores, colaboradores, sociedade e meio ambiente

No cotidiano das relações institucionais, se destaca pela filosofia nipônica, com ênfase no Respeito aos Clientes, Fornecedores, Colaboradores, Sociedade  e Meio Ambiente. Tem em seu Calendário a participação ativa dos seus colaboradores e familiares  nas Campanhas de Limpezas das Nascentes dos  igarapés, da praia da Ponta Negra, Igarapé do Mindu e Tarumã Açu, bem como a conscientização de toda circunvizinhança para a boa prática da Reciclagem e Preservação do Meio Ambiente, preparando inclusive as novas gerações.

Felicitações FIEAM e CIEAM 

A KEIHIN sente-se honrada em fazer parte do Polo Industrial de Manaus, contribuindo para o desenvolvimento regional, através da capacitação dos seus colaboradores, e no fornecimento de produtos de alta tecnologia, obedecendo todas as normas legais. “Nós contribuiremos para o futuro da humanidade buscando criar sempre novos valores”. A FIEM e o CIEAM, entidades representativas da indústria, se confraternizam, através de seus presidentes, Antônio Silva e Wilson Perico, com o simbolismo deste comemoração e felicita a direção da empresa, seus 22 mil colaboradores pelo mundo afora e, de modo muito especial, os que atuam no Polo Industrial de Manaus e ajudam a proteger a floresta amazônica.

91 anos de Amizade Brasil e Japão 

São 91 anos da presença japonesa na Amazônia Ocidental, é uma data excepcionalmente significativa para reforçar os laços que unem estas duas grandes nações, o Japão e o Brasil.

Trata-se de uma amizade sólida, plena de benefícios e de lições vitais que estão na base de construção das grandes civilizações.

Podemos dizer que esta amizade é um presente dos céus pois aproxima pessoas devotadas ao Bem-Comum.

As fibras da pujança 

Os japoneses chegaram aqui em 1929, encontrando uma estagnação dramática decorrente do esvaziamento do Ciclo da Borracha.

Deixáramos escapar um ciclo de prosperidade por não investir numa infraestrutura industrial capaz de produzir artefatos de borracha na região em lugar de exportar borracha in natura. E vimos os ingleses agregarem 60% de valor à própria economia fazendo essa transformação.

Nesse cenário, os japoneses foram decisivos para promover uma virada, pois  trouxeram da Índia a cultura da juta, não sem antes adaptar, por técnicas milenares de melhoramento genético, as mudas mais ajustadas ao bioma amazônico.

Um novo ciclo de pujança se iniciou no Vale amazônico, o ciclo das fibras, que a II Guerra Mundial interrompeu. Depois, o Ciclo de hortifruti, ensinando nossos agricultores que é possível criar soluções agrícolas em quaisquer direções.

Mas não só de agricultura se consolidou a presença obstinada de nossos irmãos nipônicos. Na silvicultura, no reflorestamento, na engenharia florestal, na dinâmica do carbono, a tal ponto que, hoje, o intercâmbio de Ciência e Tecnologia entre os dois países são motivo de avanços robustos  e benefícios recíprocos.

A construção do Polo Industrial de Manaus 

Por isso a presença da contribuição japonesa na consolidação da Economia da Zona Franca de Manaus, se deu desde a primeira hora.

Não apenas no fornecimento de tecnologia para o Distrito Agropecuário, a oferta de produtos de qualidade para a Zona Franca Comercial, e principalmente para a implantação do Polo Industrial de Manaus.

As empresas japonesas, desde os primórdios, também aqui depositaram a energia de seu entusiasmo, contribuindo decisivamente para a transformação econômica, social e cultural de nossa região.

Moto Honda, um orgulho da ZFM, a Yamaha, com capital amazonense, Sony, Panasonic, Semp/Toshiba, Fuji, KEIHIN, são mais de quarenta empresas de alto nível, gerando emprego, renda, oportunidades e proteção florestal…

Por isso, muito obrigado é uma expressão que talvez não traduza o tamanho de nosso agradecimento e satisfação de estarmos juntos na construção de uma Amazônia próspera, solidária, com os olhos levemente puxados e a solidariedade fraterna desses preciosos 91 anos de Amizade.

Por fim, parabéns e vida longa, plena de conquistas

Compartilhar
Alfredo Lopes
*Escritor amazonense, com 11 títulos sobre a Amazônia, e mais de 2 mil ensaios. Formado em Filosofia com pós-graduação em Administração e Psicologia da Educação. Consultor eventual do BID, Grupo Simões, do CIEAM e diretor da FIEAM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui