Muito se fala sobre a ação de certos nutrientes. Porém devemos saber que na verdade nós precisamos de todos eles em maior ou menor proporção na dieta do dia a dia. Tanto assim que é indispensável comer de tudo: proteínas, hidrato de carbono (açúcares), gorduras, vitaminas, sais minerais, fibras e água.

Mas não podemos exagerar em nenhum destes nutrientes, pois tudo em excesso traz consequências desagradáveis.

As gorduras são indispensáveis e tem .ação energética e protetora, pois delas se originam a maioria dos hormônios.

Contudo existem variações importantes entre estas, por exemplo, as que se ingeridas em excesso irão provavelmente se depositar dentro da luz dos vasos arteriais, promovendo obstruções comprometedoras destes vasos que irrigam órgãos importantes como o coração, cérebro, rins, pulmões, membros inferiores e a isto se dá o nome de aterosclerose, que quase sempre terminam por promover sérios desvios da saúde do sistema cardiovascular, podendo levar até a morte precoce em todas as idades.

São gorduras ditas “saturadas”. Estas se encontram em óleos de origem animal, nas carnes, no leite e seus derivados, em certos óleos de origem vegetal (dendê, coco, babaçu). Por este motivo devemos limpar das carnes toda a gordura visível para minimizar a ação destas gorduras nocivas que ainda ficam de permeio nas fibras musculares das carnes vermelhas e de algumas carnes brancas (frango, suíno).

As gorduras poli-insaturadas fazem menos mal à saúde e quase nunca se depositam no interior das artérias produzindo doenças, mas também devem ser moderadamente consumidas. Estas existem no pescado, no azeite de oliva e em certos óleos de origem vegetal (soja, canola, milho, arroz). Todas estas gorduras se degradam em frações (colesterol, HDL, LDL etc.) e são indispensáveis à vida, desde que se mantenham em proporções adequadas, pois delas saem hormônios importantes e fatores de proteção do sistema de defesa do organismo.

CUIDADO

Ainda temos as gorduras denominadas oligoleicas e oleicas (ômega, 3, 6 e 9) que são antíoxídantes e evitam o processo oxídativo e a morte celular antecipada. Contudo, a proporção entre o ômega 3 e 6 deverá estar mantida pois do contrário haverá uma espécie de lixamento de partes do revestimento interno dos vasos arteriais, possibilitando a deposição de colesterol e consequentemente a obstrução dos mesmos. Portanto, recomendo cuidados no uso de suplementos ricos em Ômega, tão largamente prescritos indevidamente nos dias de hoje.

Compartilhar
Euler Ribeiro
Amazonense, de Itacoatiara. Formado em Medicina em Belém (PA), o médico geriatra completou os estudos em SP e nos EUA. Foi secretário de Saúde do Estado e deputado federal. Fundador da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI), ligada à Universidade Estadual do Amazonas (UEA). Membro das academias amazonenses de Letras e de Medicina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui