Diverticulite

0
26

São pequenas bolsas que se formam na parede do cólon, quase sempre em pessoas de 60 anos e mais de idade. Quase sempre assintomática. Às vezes é caracterizado como um dedo de luva e por este motivo alguns diagnosticam como apendicite a esquerda. A principal causa de Diverticulite é a obstrução do divertículo por pequenos pedaços de fezes, ou micro caroços ou sementes de frutas e de tomates.

As causas ainda são desconhecidas, contudo há alguns fatores que aumentam os riscos de um indivíduo desenvolver divertículos no intestino, consequentemente, de inflamarem e ocasionarem a Diverticulite. São eles: ter alimentação rica em gorduras e pobres em fibras. Ser obeso e não praticar exercício regularmente e ter mais de cinquenta anos de idade. Os sintomas principais incluem: mal-estar geral, dor abdominal, na parte inferior do baixo abdome a esquerda, febre, náuseas, vômitos, falta de apetite e aumento da sensibilidade abdominal a esquerda.

Para o diagnóstico se faz mais frequente com um exame de colonoscopia sob sedação. A prevenção se faz com dieta rica em fibras tais como: frutas vegetais, cereais integrais e grãos. Beber pelo menos dois litros de água nas 24 horas. Com um quadro leve o tratamento pode ser feito em casa com hidratação, dieta adequada e antibiótico com orientação médica, mas em muitos casos é necessário a cirurgia, com retirada da área do intestino grosso comprometida.

Compartilhar
Euler Ribeiro
Amazonense, de Itacoatiara. Formado em Medicina em Belém (PA), o médico geriatra completou os estudos em SP e nos EUA. Foi secretário de Saúde do Estado e deputado federal. Fundador da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI), ligada à Universidade Estadual do Amazonas (UEA). Membro das academias amazonenses de Letras e de Medicina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui