Esta semana um aplicativo virou febre no mundo todo ao envelhecer de forma marcante os rostos das pessoas e causou impacto nos usuários pelo desfavorecimento da aparência física, ora não estamos preparados para encarar o privilégio do envelhecimento. A população mundial envelhece em ritmo acelerado, mas a idade
não é mais sinônimo de doenças e nem de uma aparência estereotipada de fragilidade.

Com os avanços da medicina, principalmente, viver bem ficou mais fácil. Isso é possível porque há um novo consenso: o de que a maturidade traz muitas compensações. Basta aceitar as mudanças que ocorrem no mundo e em si mesmo e evoluir sempre.

Qualidade de vida é uma soma de diversos fatores. É, antes de tudo, aceitar a própria felicidade e buscar motivação para a existência. Para envelhecer com saúde, segundo especialistas, é preciso cuidar do corpo e da mente. Não há receita de vida longa. A qualidade de vida está na própria tentativa de encontrar o bem junto aos outros, na compreensão de si mesmo e no planejamento de uma vida feliz.

Por isso resolvi resumir e compartilhar com vocês algumas dicas que podem tornar a caminhada mais prazerosa:

  1. Fazer exercícios físicos.
  2. Explorar a própria sexualidade. O sexo pode ser muito mais prazeroso sem as obrigações e a ansiedade típicas da juventude.
  3. Aproveitar o convívio com afamília e fortalecer os vínculos afetivos com os amigos.
  4. Extravasar as emoções quando necessário, chore se necessário para aliviar a alma.
  5. Aproveitar o período da aposentadoria para fazer planos, curtir a vida e realizar sonhos. Você se aposenta de uma atividade apenas, não da vida!
  6. Meditar. Fazer uma pausa durante o dia e reservar um tempo para si mesmo.
  7. Ler, se informar, procurar especialistas, quando necessário.
  8. Deixar os vícios de lado. Cigarro, cafeína e outros estimulantes ampliam e prolongam os efeitos do estresse sobre o sistema cardiovascular.
  9. Cuidar da dieta sem deixar de comer o que gosta. Com moderação, todos os alimentos são bem-vindos.
  10. Ver o lado bom da vida e não ter vergonha de ser quem você é e de admitir seus erros e acertos, tentar mudar seus padrões e comportamentos e aprender.

Não tenham medo da velhice, finalizo com a frase de Antonio Houaiss que levo para a minha vida “A vida vale a pena ser vivida e ela tem encantamentos em todas as suas fases”. Ou você duvida disso?

Compartilhar
Euler Ribeiro
*Amazonense de Itacoatiara. Médico, MD. PhD em Geriatria e Gerontologia. Ex-secretário de Saúde e ex-deputado federal pelo Estado do Amazonas. Fundador e atual Reitor da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade. Membro das academias amazonenses de Letras e de Medicina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui