26.4 C
Manaus, Am - Brasil
domingo, agosto 18, 2019

Literatura

Aos costumes, Índios, aos costumes

* João Bosco Seabra da Silva   Eu sou um índio, eu sou tupi                                              Eu sou caboclo, eu sou daqui                                                                                                                                   Não tenho loção após o banho                                            Não tenho loção pra barbear                                                    Minha mulher não usa enfeite                                      não usa enfeite pra enfeitiçar                               A...

Dona Vita

Manhãzinha de 24 de janeiro. Abro o computador (hábito diário desde que “aposentei” meus antigos companheiros: a máquina de escrever, o papel-carbono e o mimeógrafo) e tomo um choque: e-mail assinado pelo amigo Zé...

Bem-vindos, Senhores Internautas!

“O blog está bombando”. A expressão acima, embutida em recente mensagem de um jovem intelectual de Itacoatiara, nos leva a constatar que em menos de 10 meses de existência este blog realmente caiu nas graças...

Bebida dos Muras das Pedras Riscadas

(Dedico ao amigo Francisco Gomes) À beira do lago de Serpa, De águas correntes , Dos botos-vermelhos Do Arauató . Uma bebida estranha, O tacacá, servido em cuias, Sorvida por mulheres e homens, Com camarão e jambu. Bebida deliciosa! Extrato, subproduto da mandioca. Tão C H E I R O S A Que em minhas andanças...

Totem

ANDRÉ VALLIAS ESPECIAL PARA A FOLHA   sou guarani kaiowá munduruku, kadiwéu arapium, pankará xokó, tapuio, xeréu yanomami, asurini cinta larga, kayapó waimiri atroari tariana, pataxó kalapalo, nambikwara jenipapo-kanindé amondawa, potiguara kalabaça, araweté migueleno, karajá tabajara, bakairi gavião, tupinambá anacé, kanamari deni, xavante, zoró aranã, pankararé palikur, ingarikó makurap, apinayé matsés, uru eu wau wau pira-tapuya, akuntsu kisêdjê, kinikinau ashaninka, matipu sou...

Tempo em Roseiral e Carão voando pro Leste

(Dedico ao poeta Elson Farias)   Quando me lembro Do Rio Amazonas beijando as ribanceiras, Na piracema, no ROSEIRAL! Onde tinha um quintal imerso Com muitas roseiras: vermelhas, amarelas, róseas e brancas... E uma casa grande de varanda, construída de assacú. Da...