*Francisco de Abreu Cavalcante

I
Ó Itacoatiara, és minha terra sagrada,
Tens valores que merecem atenção,
Manténs símbolo de minha meninice
Representado por imponente casarão.

II
Deleito-me com saudosa lembrança
Que me afaga este cansado coração,
Daqueles meus felizes dias de criança
Que a madrinha me dava atenção.

III
São oitenta anos, longo tempo passado,
Que com ansiedade, à madrinha ia visitar,
Era por todos seus irmãos bem recebido,
Sua irmã Maria Amélia vinha me abraçar.

IV
Quando lá chegava, por simples razão,
Parece até que eu mesmo adivinhava,
A madrinha me recebia com gratidão
E sempre qualquer presente me dava.

V
Nos meus aniversários, especialmente,
Ainda hoje, posso muito bem lembrar,
Um traje completo era melhor presente,
Se não lá fosse, ela mandava me buscar.

VI
Antônio Araújo Costa filho, doente cerebral,
Em sua casa fiquei para com ele brincar;
E em marcenaria, pude aprender o geral,
Ofício que mais tarde, levou-me a trabalhar.

VII
Nas cheias, às três da manhã meu pai saia
E ainda menino tinha que o acompanhar,
Para acender fogo na caldeira da serraria,
E esgotar os porões para às sete começar.

VIII
Na casa de Teodorico Nunes também fiquei,
Dona Adalgisa mandava os suspiros vender,
Por bom tempo, fazendo isso ainda passei,
Papai de lá me tirou para outras coisas fazer.

IX
São vividas lembranças de um passado jovial:
Família Oscar Ramos, os admirava a distinção,
Gente muito bonita, finíssimos de modo geral,
E assim me recorda a imagem daquele casarão.

X
Aquele indelével tempo na minha memória,
Não sei se poderia melhor tê-lo aproveitado,
Porque cada vida trás predestinada história,
Assim, não devo reclamar daquele passado.

XI
Momentos de toda sorte norteiam a vida
Dos enviados para desempenhar a missão,
Amparando-os para o cumprimento da lida,
A desenvolver com fervor em seu coração.

XII
Existem momentos saudosos em nossa vida
Que não se pode reverter e sequer pensar,
Em futuro que se refere à razão proibida
Nos termos marcados para uma vida levar.

*Poeta e professor aposentado, natural de Itacoatiara. Graduado em Letras, Língua Inglesa. Integrante do Coral João Gomes Júnior.
Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui