Há muitos educandenses ilustres, como o maestro Pedrinho Sampaio e Wagner “Vavá” Ferreira. Vavá é o idealizador da Banda da Baixa da Égua.

Mas não se pode falar em Educandos sem mencionar Cláudio Amazonas e Tereza Brandão. Se o Brasil fosse uma monarquia Claudio Amazonas seria no mínimo Visconde de Educandos. Tereza Brandão com certeza teria o título de Condessa de Constantinópolis, antiga denominação do bairro. Uma homenagem ao governador Constantino Nery.

Aliás, Tereza já é rainha. Não só rainha. É fundadora e musa eterna da Bhanda da Bhaixa da Hégua. Trata-se de um dos blocos de carnaval mais tradicionais de Educandos e de Manaus.

Claudio Amazonas, jornalista e escritor apaixonado pelo local, nos ensina que o nome do bairro de Educandos deriva da criação do Estabelecimento dos Educandos Artífices, criado no dia 21 de agosto de 1856. Mas só através do Decreto nº 27, de 22 de julho de 1907 foi denominado bairro de Constantinópolis, Foi sob a batuta do Claudio com a participação de Tereza, Wagner e do deputado Nonato Lopes que em 1993 comemorou-se, pela primeira vez e em grande estilo, o aniversário do famoso e tradicional bairro de Manaus. A data escolhida foi 21 de agosto.

Com a inesquecível participação do maestro Pedrinho Sampaio a festança contou ainda com a presença de vários músicos de Educandos e da cidade. Ressaltando-se ainda a presença do internacional Trio Cristal. Quem estava lá não esquece jamais, segundo a minha querida companheira de Rotary e dileta amiga Tereza Brandão.

Cláudio Amazonas relata que outro momento de glória para ele e para o bairro de Educandos aconteceu nas festividades de 100 anos do nosso Teatro Amazonas.Foi o prestigiado lançamento do seu livro Memórias do Alto da Bela Vista – Roteiro Sentimental de Educandos

Obviamente os festejos dos 100 anos do TA foram inesquecíveis. Além do lançamento do livro do Cláudio houve várias apresentações de nossas orquestras. Fafá de Belém marcou presença.

Sempre em 29 de junho vou ao restaurante da família da Teresa. O famoso São Francisco. De lá se pode acompanhar a tradicional procissão fluvial de São Pedro.

Nesse agosto já quente e de pouca chuva, novamente Educandos faz aniversário. Mas os nossos parabéns vão para essa turma ilustre do bairro. Principalmente para a nobreza educandense, na pessoa do Visconde Claudio Amazonas e da Condessa Tereza Brandão.

Compartilhar
Pedro Lucas Lindoso
*Bacharel em Direito e licenciado em Letras pela Universidade de Brasília. Membro efetivo do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas. Pertence a Associação dos Escritores do Amazonas e a Academia de Letras Ciências e Artes do Amazonas. Membro fundador da Academia de Ciências e Letras jurídicas do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui