Todos os seres vivos possuem um tipo de relógio biológico incrível dentro do corpo. Todos nossos órgãos são regulados de forma sincronizada e nosso grande mestre, o cérebro, envia os sinais como um condutor para que cada um realize suas funções no ciclo de 24 horas.

A este processo chamamos de Ritmo Circadiano, que é a maneira como o nosso organismo se adapta aos períodos diurno e noturno. Quando a luz solar desaparece no firmamento, a glândula Pineal dentro do Cérebro começa a liberar um hormônio denominado MELATONINA, isto faz com que nosso corpo entenda que iniciamos o período propício para uma boa noite de sono, durante mais ou menos três horas seguidas esta substância promove uma dilatação nos microvasos celulares dos neurônios enviando a mensagem para todo o nosso sistema orgânico reduzir as atividades e assim armazenar energia.

Durante o ciclo de repouso o coração e a nossa pressão arterial é reduzida. Este aviso de reduzir os gastos energéticos aciona o pulmão que diminuirá nossa frequência respiratória, reduzirá a filtração dos rins, iniciará o relaxamento dos nossos músculos e fará manutenção do sistema digestivo que não deverá ser sobrecarregado a noite. Na contramão do descanso somente o fígado continuará trabalhando para desintoxicar todos os processos que geram toxinas que fazem mal ao corpo humano, o fígado é o único órgão que funciona, sem parar, as vinte e quatro horas do dia produzindo a substância que dá origem ao colesterol.

Após o sono, somos despertados com o reaparecimento da claridade no firmamento, logo o planeta terra realiza seu movimento de rotação determinando a existência de vida de seres humanos, animais e vegetais.

Neste momento, em algum ponto somos convidados a presenciar mais um nascer do dia. A sabedoria da natureza ensina ao Homo Sapiens que o ciclo circadiano participa ativamente da manutenção da vida. Se você passar por longos períodos no escuro, seu relógio biológico ficará fora de sintonia e trará prejuízos para seu corpo, assim como receber as luzes artificiais de celulares, computadores e televisão.

Estudos sugerem uma correlação com o aumento de doenças cardiovasculares, obesidades, diabetes e até câncer entre pessoas que trocam o dia pela noite.

Portanto devemos obedecer às leis da natureza para vivermos melhor, acordando cedo para aproveitar os benefícios de um banho de sol de no mínimo 20 minutos para ativar nossa Vitamina D pela pele, realizar uma atividade física diariamente, preferencialmente pela manhã, hidratar-se sempre e nunca menos que 30 ml por cada kg de peso corporal nas 24 horas.

Ingerir com equilíbrio alimentos que nos ofereçam proteínas, vitaminas, sais minerais e fibras, dormindo corretamente e por fim respeitando o ciclo circadiano para melhorar nossa qualidade de vida.

Cuidem-se!

Compartilhar
Euler Ribeiro
*Amazonense de Itacoatiara. Médico, MD. PhD em Geriatria e Gerontologia. Ex-secretário de Saúde e ex-deputado federal pelo Estado do Amazonas. Fundador e atual Reitor da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade. Membro das academias amazonenses de Letras e de Medicina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui