Uma leoa no comando: Patrícia Serudo assume a presidência do Penarol

0
946

*André Viana

Sem querer perder tempo, Patrícia Serudo iniciou seu primeiro dia na presidência arregaçando as mangas para recolocar o Leão da Velha Serpa no caminho das vitórias

clip_image002

A manauense Patrícia Lopes Serudo, de 29 anos, assumiu o cargo de presidente do Penarol, na manhã de domingo (30). A empresária, que já está à frente do departamento de marketing do clube, é a segunda mulher a tomar posse do Leão de Itacoatiara em menos de um mês. Ela ocupará o cargo deixado vago de forma surpreendente por Helyana Maria de Carvalho Lima, que renunciou na sexta-feira.

Sem querer perder tempo, Patrícia Serudo iniciou seu primeiro dia na presidência arregaçando as mangas para recolocar o Leão da Velha Serpa no caminho das vitórias. “Primeiro quero montar um time forte fora de campo para depois pensar na montagem do elenco que vai disputar o Campeonato Amazonense no ano que vem.

O primeiro passo é analisar todos os contratos com nossos patrocinadores para podermos renová-los. Depois, quero buscar novos parceiros e profissionalizar o nosso departamento de marketing. Tenho muitos planos inovadores para implantar no clube, que serão inovadores na história do futebol amazonense”, antecipou Patrícia.

Curiosamente, a empresária desistiu de participar da eleição do Penarol, onde concorreria com Helyana Maria de Carvalho Lima, em nome da unidade do clube. “Achei melhor adiar a vontade de ser presidente para que não houvesse um racha na diretoria, mas a Helyana renunciou e eu herdei o cargo dela. Ela alegou não ter condições de comandar o clube. Não sei as razões dela, mas a admiro pela coragem de abrir mão do posto pelo bem do Penarol. Com essa atitude, ela (Helyana) mostrou que quer o bem do clube e que isso está acima da vaidade pessoal”, destacou a nova presidente do Leão da Velha Serpa.

Se não foi a primeira mulher a assumir o clube, Patrícia é a mais jovem presidente do Penarol. Este título ela já conquistou.

Três perguntas

1 – A senhora é uma torcedora apaixonada pelo Penarol. Como vai separar a paixão pela razão no cargo?

“Eu tenho o meu lado torcedora, claro, e isso é visível. Mas também tenho meu lado empreendedora e saberei conciliar as duas coisas muito bem. A torcida do Penarol pode ficar tranquila que o clube virá forte no ano que vem”.

2 – Como estão as finanças do clube?

“O Penarol é muito bem administrado. Assumo um clube sem dívidas, com certidão negativa em dia e estruturado. Essa é uma situação difícil de encontrar não só aqui no Amazonas, como em todo Brasil”.

3 – A senhora tem o mesmo nome da ex-presidente do Flamengo, que deixou péssimas lembranças para os torcedores do clube…

“(risos) Opa, para, para, para. (risos). A coincidência termina aí. Sou completamente diferente da Amorim. Nossa realidade é outra. Estou acostumada a gerir uma empresa e tenho uma personalidade bem diferente da dela. Minha administração terá os pés no chão”. 

*André Viana é editor esportivo do Jornal A Critica. Texto inserido no caderno de Esportes, de terça-feira, 02/02/2013.
Compartilhar
Autor Externo
As publicações são fontes externas de outros veículos de comunicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui