Um Alento

0
878

Começar vencendo no Segundo turno do Amazonense o Rio Negro por 2X1 é um alento, principalmente para quem vem de uma frustrante perda do primeiro turno. Todo reinício é cheio de interrogações, no nosso caso mais ainda; havíamos perdido o técnico e jogadores do naipe de Rodrigo Rizzo (zagueiro) e Chiquinho Alagoano (Lat. Direito). Felizmente, no apagar das luzes conseguimos as contratações de Leo Rosa (Lat. Direito), Danilo (Meia), Ludemar e Marabá (Atacantes), todos de bom nível técnico. Vencemos na estréia, foi uma vitoria simples, com um placar que não inebria o vencedor nem humilha o vencido. Afastamos a tensão e as duvidas de toda estréia e o que é melhor, mantemos a confiança de nosso torcedor que acompanhou toda a programação de treinamentos na semana antecedente ao jogo e viu ser colocado em pratica tudo que foi ensaiado nos treinos. Resultado, um jogo convincente, técnico e jogadores novos aprovados e a certeza de que hoje temos um grupo mais forte do que tínhamos no primeiro turno e com potencialidade de evolução crescente. Vamos agora encarar o Princesa em jogo revanche lá em Manacapuru no próximo domingo (14). Agora cada jogo deve ser encarado como uma decisão. Vamos para o tudo-ou-nada, até que se tenha garantido a classificação para as finais do returno.

O Jogo: Penarol 2 X 1 Rio Negro – Os primeiros 15 min. de jogo foram de expectativa e domínio do Galo da Praça da Saudade, só a partir daí, o Leão começou a mostrar serviço, com toques curtos e preciso, chegava sempre com perigo nas proximidades do gol adversário. A impressão é que o gol sairia a qualquer momento. Perdemos algumas oportunidades e oferecemos dois contra-ataques perigosos, até que aos trinta e três minutos Robemar ou Rob-gol, o nosso artilheiro voltou a marcar após dois jogos em jejum. E foi assim até o fim do primeiro tempo; nosso Time continuava atacando em bloco e bonitos toques que enchiam os olhos, mas mostrava fragilidade quando permitia o contra-ataque. Para o segundo tempo os dois times voltaram sem alteração, e, por conseguinte, o jogo era igual ao do primeiro tempo, bom de ser visto, mas pouco produtivo, então foi que o técnico Auê fez sua primeira substituição, Tirou o bom atacante Ludemar que pareceu sentir o forte calor e colocou o “prata-de-casa” Kitó, que descansado deu nova dinâmica ao jogo. Nosso Time era superior e o gol era só uma questão de tempo, até que aos 27 min. numa jogada que iniciou com Rodrigo Ítalo que serviu Danilo, este para Kitó que fuzilou sem chance para o goleiro rionegrino e estabelecendo 2X0 para o Leão de Serpa. Mas logo dois minutos depois, aos 29 min. num contra-ataque perfeitamente previsível, o Galo descontou através de Fernandinho. Com 2X1 no placar terminou o jogo. Agora temos a semana para nos preparar e corrigir alguns erros observados no jogo. Com o retorno de Thompson, suspenso pelos cartões amarelos e Igor Cearense que volta de fadiga muscular, os problemas de contra-ataques poderão ser resolvidos e iremos a Manacapuru mais preparado para o confronto com o Princesa. – ignacioguedesjr@hotmail.com

Compartilhar
Autor Externo
As publicações são fontes externas de outros veículos de comunicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui