Teu coração tornou-se um mar

0
657

Depois que tu vieste morar e trabalhar
nas terras do Rio Mar
teu coração se alargou ainda mais
e transformou-se em Mar.
Teu coração tornou-se um oceano
ou então um RIO MAR, sem ter confins.

O português que aprendeste
paciente – com fé e humildade,
te ensinou ainda mais a amar o nosso povo,
um povo que te amou e que te ama.

Teu compromisso de vida, já tão forte,
reforçou-se e ganhou maior espaço –
não estivesses nestas terras vastas…
E o Evangelho que aqui re-aprendeste,
E o amor ao DEUS VIVO, que aqui re-conheceste,
Te encheram de vigor ainda maior.

Teu amor à pobreza, já tão grande,
Radicou-se com a nossa gente simples
que dá muitas lições a muitos “mestres”…

Depois que tu vieste missionar
nas terras do Rio-Mar,
teu coração tornou-se um MAR.

 

(A DOM Jorge Marskell, bispo de Itacoatiara, e a todos os missionários
com os quais tenho servido o Povo de Deus).

Compartilhar
Marília Menezes
Poeta e escritora. Ex-secretária da CRB. Trabalhou na Prelazia de Itacoatiara, em 1962-1963, ao tempo do bispado de dom Francisco Paulo Mc-Hugh (1924-2003), onde dirigiu o Colégio Nossa Senhora do Rosário. Em 1997 voltou a Itacoatiara para secretariar o bispo dom Jorge Marskell (1935-1998), até sua morte no ano seguinte. Sócia correspondente da Academia Amazonense de Letras. Reside em Belém, sua terra natal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui