Subindo sete degraus

0
564

Outra providência é manter a relação pesoXaltura (Índice de Massa Corporal) abaixo de 25, não fumar ou deixar imediatamente o tabagismo, que no prazo de um ano volta ao processo anterior de menor risco do não fumante.

Na conferência anual da Sociedade Americana Científica do Coração, realizada em Chicago/USA nos primeiros dias de novembro, foi revelado que pesquisas efetuadas pelo Instituto Preventivo de Doenças Cardiovasculares comprovaram que exercícios simples mas constantes, tais como subir e descer diariamente sete degraus de uma escada, será fator de proteção cardiovascular, evitando assim acidentes vasculares cerebrais e infartos do miocárdio em pessoas de idade tardia.

Como a população de idosos se acumula no estoque da população ao redor do mundo e as doenças cardiovasculares são ainda as maiores responsáveis pelo aumento da mortalidade, logo teremos de buscar o benefício destes fatores de proteção da saúde.

Além do mais, devemos aliar a estes movimentos uma série semanal de exercícios com carga (pesos leves) que não ultrapassem 50 minutos por semana.

Outra providência é manter a relação pesoXaltura (Índice de Massa Corporal) abaixo de 25, não fumar ou deixar imediatamente o tabagismo, que no prazo de um ano volta ao processo anterior de menor risco do não fumante.

Também devemos evitar sal nos alimentos diários, trocando por gotas de limão e vinagre branco de maçã e cuidar para que o colesterol total no sangue permaneça sempre abaixo de 200. Tentar manter a pressão arterial em torno ou abaixo de 120X80 mmHg pela manhã e a noite e não deixar ultrapassar de 100 a concentração de açúcar no sangue periférico.

Seguindo estas recomendações, você irá com certeza envelhecer com saúde e qualidade de vida, podendo chegar ao centenário com VIDA!

Compartilhar
Euler Ribeiro
Amazonense, de Itacoatiara. Formado em Medicina em Belém (PA), o médico geriatra completou os estudos em SP e nos EUA. Foi secretário de Saúde do Estado e deputado federal. Fundador da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI), ligada à Universidade Estadual do Amazonas (UEA). Membro das academias amazonenses de Letras e de Medicina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui