Quatro pós brancos que podem levar à morte

1
9751

Não se deve exagerar comendo os macro e os micro nutrientes acima das necessidades metabólicas. É inegável que todos nós necessitamos de proteínas, gorduras, açúcares, vitaminas e sais minerais, porém, temos que ingeri-los com parcimônia, pois nesta vida tudo o que se pratica em excesso traz consequências mais cedo ou mais tarde.

Por exemplo, necessitamos tanto do AÇÚCAR como um dos energéticos celulares, como de um gás, o oxigênio. No entanto, se abusarmos de massas, frutas, grãos, alimentos industrializados, chocolates, mel etc., acabaremos por desencadear uma síndrome de bloqueio da produção de INSULINA, um hormônio produzido no pâncreas, que é a chave responsável pela entrada da glicose (açúcar) nas células. Sendo assim este açúcar vai se acumular no sangue levando a um sério desvio da saúde: o Diabetes Mellitus.

Outro pó branco perigoso é o TRIGO, que é riquíssimo em GLÚTEN, uma proteína perigosa, pois quando chega no intestino evita a absorção dos alimentos causando a Síndrome Celíaca, de má absorção, produzindo cólicas, flatulência, eructação, dor abdominal e consequentemente a desnutrição. Pode também causar alergia nas pessoas sensíveis e que tem intolerância ao glúten, produzindo um prurido de pele insuportável, escoriações pelo ato ‘de coçar e fatalmente a infecção. Não podemos abusar nunca de TRIGO!

E o SAL? O sal é indispensável à vida, claro que na proporção adequada que não deverá ultrapassar 5 (cinco) gramas ao dia. O que acontece no processo natural de toda operação metabólica e bioquímica no corpo é que existe a bomba de sódio e potássio, que é o cloreto de sódio (NaCI), o famoso sal de cozinha, que permutam entrando e saindo das células. Se entrar potássio demais teremos muitas dores musculares e cãibras, podendo também provocar fibrilação ventricular e parada cardíaca. No caso do sódio ter saído em excesso das células, teremos desidratação, com todo risco podendo também levar a êxito fatal.

O último pó é a COCAÍNA, substância que nem se deve pensar em consumir, pois como hipno analgésico quando usado nas fossas nasais, a absorção pelos capilares do nariz se faz de imediato, caindo na circulação imediatamente promovendo a excitação do sistema nervoso central com liberação de hormônios do prazer, tais como a Endorfina e a Serotonina. A sensação descrita é de muito prazer e diante de um comportamento totalmente irresponsável, acaba por levar à dependência química, que exige cada vez mais quantidade da droga causando a inibição do centro respiratório e consequentemente a parada cardiorrespiratória e MORTE!

Compartilhar
Euler Ribeiro
Amazonense, de Itacoatiara. Formado em Medicina em Belém (PA), o médico geriatra completou os estudos em SP e nos EUA. Foi secretário de Saúde do Estado e deputado federal. Fundador da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI), ligada à Universidade Estadual do Amazonas (UEA). Membro das academias amazonenses de Letras e de Medicina.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui