Penarol é bicampeão Amazonense Infantil em jogo marcado por paralisação e bombas

0
977
*Anderson Silva

Clube de Itacoatiara jogava pelo empate para ser campeão pela 2ª vez; torcedor do Fast Club jogou um artefato explosivo em frente ao banco de reservas do Penarol, deixando um jogador ferido

Penarol-bicampeao-Infantil_ACRIMA20141217_0036_23

O Penarol bicampeão Infantil 2014 (Márcio Silva)

 

O Penarol conquistou o bicampeonato Amazonense Infantil ao empatar com o Fast em 2 a 2, na tarde de ontem no estádio Jornalista Carlos Zamith. O time de ltacoatiara (distante a 175 quilômetros de Manaus) jogou com a vantagem do empate por ter a melhor campanha na competição. Os gols da conquista foram marcados por Rivelino e Léo. Lucas e o xará Lucas Almeida fizeram os dois gols do Fast.

A partida que apresentou um Fast “furioso” em busca dos gols e um Penarol jogando em ritmo cadenciado, teve seu lado ruim que poderia ter se transformado em tragédia. Torcedores do Fast atiraram no gramado, em frente ao banco de reservas do Penarol, um artefato explosivo que deixou o auxiliar técnico Igor Cearense com fortes dores no ouvido. O lateral-direito Bruno também sofreu com o impacto da explosão e precisou ser atendido pela própria comissão técnica do clube, com muitas dores no ouvido. Não havia policiamento e nem ambulamcia no estádio.

 

GOL INESPERADO

Antes de completar dois minutos de jogo, o Fast abriu o marcador. Lucas em cobrança de falta da diagonal direita encobriu o goleiro. 1 a O. O placar adverso fez o Leão da Velha Serpa ir em busca do gol, o que ocorreu somente no segundo tempo. Aos 18 minutos, Higor Gabriel sofreu pênalti ao ser derrubado dentro da área. Na cobrança, Rivelino marcou o gol de empate. 1 a 1. Aos 50 minutos, o Fast voltou a ficar a frente do placar com o gol de Lucas Almeida. 2 a 1. Cinco minutos depois, Léo marcou o gol de empate do Penarol e do título do bicampeonato Arnazonense Infantil.

 

BOMBAS NO JOGO

A partida foi interrompida aos 26 minutos do segundo tempo. Torcedores do Fast jogaram um artefato explosivo, ferindo um jogador e auxiliar técnico. Com a chegada da polícia um torcedor foi expulso do estádio e o outro fugiu.

unnamed (1)

unnamed (2)

unnamed

 

 

 

unnamed (3)

*Repórter esportivo. Matéria contida no Caderno Craque, jornal A Critica de Manaus, de 18/12/2014.
Compartilhar
Autor Externo
As publicações são fontes externas de outros veículos de comunicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui