Livro que conta a história de Itacoatiara é lançado no ICET

noticia163

No último dia 18 o Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia (ICET) foi palco do lançamento do livro Fundação de Itacoatiara do escritor e intelectual itacoatiarense Francisco Gomes da Silva.

O evento contou a participação de inúmeros intelectuais, escritores, professores, alunos, empresários e pessoas ilustres da comunidade.

A cerimônia iniciou-se ao som da música Porto de Lenha na voz do cantor e compositor e também itacoatiarense, Natinho, em seguida houve pronunciamentos das autoridades presentes e amigos que acompanham a obra de Francisco Gomes que o brindaram com justas homenagens em forma de poesias e palavras de felicitações sobre a obra que destaca profundamente o município.

O livro que é o primeiro da trilogia Itacoatiara 330 anos (1683-2013) – Verdades, mitos e lendas de uma cidade amazônica, faz referência aos primeiros 75 anos de trajetória de Itacoatiara, com a fundação do núcleo no Rio Madeira em 1683 que deu origem à cidade, até à chegada ali do estadista português Francisco Xavier de Mendonça Furtado (1758), com a posterior transladação do povoado para o local onde está assentada hoje a cidade da pedra pintada, à margem do Rio Amazonas.

O autor teve ir buscar dados no Museu Nacional de Lisboa para contar a verdadeira história de Itacoatiara. “Itacoatiara foi fundada no dia 8 de setembro de 1683 pelos jesuítas na calha do Rio Madeira e foi translada pelo Capitão-General Mendonça Furtado para o para sítio onde está assentada em virtude do desabafo e questionamento indígena. Este livro se refere aos 75 anos iniciais da história de Itacoatiara e corrigir um equívoco histórico que dá conta de que a cidade teria apenas 139 anos contando apenas a partir da elevação da categoria de vila à cidade e na verdade, Itacoatiara acaba de completar 330 anos, esta é a verdadeira história que provo com documentos fidedignos”, confirmou.

Ainda segundo o autor “o livro é um contribuição para a cidade e sobretudo para que os jovens compreendam, sintam e se emocionem com história maravilhosa desta cidade, e sirva de exemplo de alta significação cívica e ensinamento do passado para o presente e para o futuro”, exclamou.

No decorrer o autor contou um pouco de sua historia e seu compromisso com sua terra natal, motivo que o levou dedicar 51 anos de sua vida à literatura, produzindo 15 livros dos quais a maior parte deles contando minuciosamente a historia da Velha Serpa.

O poeta e escritor itacoatiarense Elson Farias, não poupou elogios à obra do amigo, classificando-a como “obra espetacularmente construída”. Segundo ele “foi um trabalho árduo baseado em boas fontes, fontes fidedignas, documentos, bons historiadores, viajantes e destacando que poucos historiadores dedicaram sua vida a estudar os homens e as coisas de sua terra e Francisco é uma dessas pessoas”, declarou.

Segundo a professora do ICET, Thelma Marreiro, que coordena o ciclo de seminários científicos Muiraquitã e propiciou a vinda do historiador ao ICET, o lançamento do livro foi a oportunidade de recontar a história da cidade. “O livro vem acrescentar a história de Itacoatiara fatos até então não registrados oficialmente e vem contribuir para aprofundar o estudo da cultura e da história das pessoas do lugar. A partir deste momento será possível nas escolas, discutir a história contada com outro olhar e pensamento sobre Itacoatiara”, explicou.

ufam