Governantes do Amazonas

3
8319
Francisco Gomes (Organizador)

1 – Período Colonial

Capitania de São José do Rio Negro

(Criada pela Carta Régia de 03 de março de 1755; instalada em 07 de maio de 1758).

              Nome do Governante

Início

Final

   Observações
01 Coronel Joaquim de Melo e Póvoas 07/05/1758 25/12/1760 Governador titular
02 Coronel Gabriel de Souza Filgueiras 26/12/1760 07/09/1761 Governador titular
03 Coronel Nuno da Cunha de Ataíde Verona 08/09/1761 24/12/1761 Governador interino
04 Coronel Valério Correia Botelho de Andrade 25/12/1761 16/10/1763 Governador interino
05 Coronel Joaquim Tinoco Valente 17/10/1763 22/08/1779 Governador titular
06 Ouvidor Francisco Xavier R. de Sampaio 23/08/1779  31/12/1779 Pres/Junta Governo
07 Capitão Domingos Franco de Carvalho 01/01/1780 31/12/1780 Pres/Junta Governo
08 Capitão Felipe Serrão de Castro 01/01/1781 31/l2/1781 Pres/Junta Governo
09 Capitão Bento José do Rego 01/01/1782 06/03/1783 Pres/Junta Governo
10 Tenente Coronel João Manuel Rodrigues 07/03/1783 15/01/1784 Pres/Junta Governo
11 Tenente Coronel João Batista Mardel 16/01/1784 31/12/1784 Pres/Junta Governo
12 Sargento Antônio Francisco Mendes 01/01/1785 31/12/1785 Pres/Junta Governo
13 Sargento José Gomes da Silva 01/01/1786 02/10/1786 Pres/Junta Governo
14 Coronel Manuel da Gama Lobo D’Almada 03/10/1786 27/10/1799 Governador titular
15 Coronel José Antônio Salgado Início 1800 07/10/1805 Governador titular
16 Capitão José Joaquim Vitório da Costa 07/02/1806 10/12/1818 Governador titular
17 Coronel Manuel Joaquim do Paço 11/12/1818 29/09/1821 Gov./ Deposto
18 Antônio José de Brito Inglês 29/09/1821   Nov/1821 Pres/Junta Governo
19 Coronel Joaquim José Gusmão   Dez/1821 03/06/1822 Pres/Junta Governo
20 Antônio da Silva Craveiro 03/06/1822 23/11/1822 Pres/Junta Governo
21 Bonifácio João de Azevedo 24/11/1822 12/08/1825 Pres/Junta Governo
22 Vereador Teodósio de Mendonça 03/12/1825 31/05/1828 Pres/C.M. Barcelos
23 Coronel Joaquim Felipe dos Reis 01/06/1828 12/04/1831 Interventor Militar
24 Coronel Francisco Ricardo Zany 13/04/1831 22/06/1832 Interventor Militar
25 Manoel Bernardino de Sousa Figueiredo 23/06/1832 10/08/1832 Presid. Temporário
26 Capitão Hilário Pedro Gurjão 14/08/1832 13/04/1833 Interventor Militar
27 Capitão Gaspar Valente Cordeiro 14/04/1833 18/12/1833 Interventor Militar

2 – Período Imperial

2.1. Comarca do Alto Amazonas

        (Criada pelo Decreto paraense de 25 de junho de 1833; instalada no final do ano).

Nome do Governante

  Início

 Final

Observações

01 Capitão Gaspar Valente Cordeiro 18/12/1833 02/02/1835 Interventor Militar
02 Major Manoel Machado Silva Santiago 02/02/1835 07/01/1836 Interventor Militar
03 Henrique João Cordeiro 07/01/1836 03/12/1836 Governo interino
04 Vereador Padre João Antônio da Silva 03/12/1836 13/05/1837

Pres. C.M. da Barra

04 Vereador João Inácio Ruiz do Carmo 13/05/1837 08/05/1841

Pres. C.M. da Barra

05 Major Francisco Raimundo Nogueira de Faria 03/03/1841   Jun/1845 Comandte. Militar
06 Major José Coelho de Miranda Leão   Jun/1845   Jan/1847 Comandte. Militar
07 Coronel João Henrique de Matos   Jan/1847  Abril/1848 Comandte. Militar
08 Coronel Albino dos Santos Pereira  Abril/1848   Dez/1851

Comandte. Militar

 

2 – Período Imperial

2.2. Província do Amazonas

(Criada pela Lei Imperial nº 582, de 05 de setembro de 1850; instalada em 01 de janeiro de 1852).

Nº

Nome do Governante

Início

   Final

Observações

01 João Batista de Figueiredo Tenreiro Aranha 01/01/1852 27/08/1852 Primeiro Presidente
02 Manuel Gomes Correa de Miranda 27/08/1852 22/04/1853 Presidente interino
03 Herculano Ferreira Pena 22/04/1853 11/03/1855 Presidente titular
04 Manuel Gomes Correa de Miranda 11/03/1855 28/01/1856 Presidente interino
05 João Pedro Dias Vieira 28/01/1856 26/02/1857 Presidente titular
06 Manuel Gomes Correa de Miranda 26/02/1857 12/03/1857 Presidente Interino
07 Ângelo Thomaz do Amaral 12/03/1857 10/11/1857 Presidente titular
08 Manuel Gomes Correa de Miranda 15/05/1857 28/08/1857 Presidente Interino
09 Cônego Joaquim Gonçalves de Azevedo 28/08/1857 07/09/1857 Presidente interino
10 Francisco José Furtado 10/11/1857 30/05/1859 Presidente titular
11 Cônego Joaquim Gonçalves de Azevedo 27/10/1858 04/11/1858 Presidente interino
12 Manuel Gomes Correa de Miranda 30/05/1859 24/11/1860 Presidente interino
13 Manuel Clementino Carneiro da Cunha 24/11/1860 07/01/1863 Presidente titular
14 Manuel Gomes Correa de Miranda 07/01/1863 07/02/1863 Presidente interino
15 Sinval Odorico de Moura 07/02/1863 07/04/1864 Presidente titular
16 Adolfo de Barros Cavalcante A. Lacerda 07/04/1864 08/05/1865 Presidente titular
17 Coronel Inocêncio Eustáquio Ferreira Araújo 08/05/1865 20/05/1865 Presidente interino
18 Manuel Gomes Correa de Miranda 20/05/1865 24/08/1865 Presidente interino
19 Antônio Epaminondas de Melo 24/08/1865 30/04/1867 Presidente titular
20 Gustavo Adolfo Ramos Ferreira 23/06/1866 07/11/1866 Presidente interino
21 Tenente Coronel Sebastião José Basílio Pirro 30/04/1867 09/09/1867 Presidente interino
22 João Inácio Rodrigues do Carmo 09/09/1867 25/09/1867 Presidente interino
23 Tenente Coronel José Bernardo Michiles 25/09/1867 25/11/1867 Presidente interino
24 José Coelho da Gama e Abreu 25/11/1867 08/02/1868 Presidente titular
25 Jacinto Pereira do Rego 08/02/1868 24/08/1868 Presidente titular
26 Coronel Leonardo Ferreira Marques 24/08/1868 24/11/1868 Presidente interino
27 Tenente Coronel João Wilkens de Matos 24/11/1868 08/04/1870 Presidente titular
28 Major Clementino José Pereira Guimarães 08/04/1870 08/06/1870 Presidente interino
29 Coronel José de Miranda da Silva Reis 08/06/1870 08/07/1872 Presidente titular
30 Domingos Monteiro Peixoto 08/07/1872 16/03/1875 Presidente titular
20 Capitão Nuno Alves Pereira de Mello Cardoso 16/03/1875 07/07/1875 Presidente interino
21 Antônio dos Passos Miranda 07/07/1875 27/05/1876 Presidente titular
22 Gabriel Antônio Ribeiro Guimarães 27/05/1876 13/06/1876 Presidente interino
23 Capitão Nuno Alves Pereira de Mello Cardoso 13/06/1876 26/07/1876 Presidente interino
24 Domingos Jacy Monteiro 26/07/1876 26/05/1877 Presidente titular
25 Agesilau Pereira da Silva 26/05/1877 14/02/1878 Presidente titular
26 Major Gabriel Antônio Ribeiro Guimarães 14/02/1878 26/02/1878 Presidente interino
27 Coronel Guilherme José Moreira 26/02/1878 07/03/1878 Presidente interino
28 Brigadeiro Rufino Eneias Gustavo Galvão 07/03/1878 26/08/1879 Presidente titular
29 Romualdo de Souza Paes de Andrade 26/08/1879 15/11/1879 Presidente interino
30 Tenente Coronel José Clarindo de Queiroz 15/11/1879 26/06/1880 Presidente titular
31 Sátiro de Oliveira Dias 26./06/1880 16/05/1881 Presidente titular
32 Alarico José Furtado 16/05/1881 07/03/1882 Presidente titular
33 Romualdo de Souza Paes de Andrade 07/03/1882 17/03/1882 Presidente interino
34 José Lustosa da Cunha Paranaguá 17/03/1882 16/02/1884 Presidente titular
35 Coronel Guilherme José Moreira 16/02/1884 11/03/1884 Presidente interino
36 Teodureto Carlos de Farias Souto 11/03/1884 12/07/1884 Presidente titular
37 Capitão Joaquim José Paes da Silva Sarmento 12/07/1884 11/10/1884 Presidente interino
38 José Jansen Ferreira Júnior 11/10/1884 21/09/1885 Presidente titular
39 Major Clementino José Pereira Guimarães 21/09/1885 28/10/1885 Presidente interino
40 Ernesto Adolfo de Vasconcelos Chaves 28/10/1885 10/01/1887 Presidente titular
41 Major Clementino José Pereira Guimarães 10/01/1887 23/03/1887 Presidente interino
42 Coronel Conrado Jacob de Niemeier 23/03/1887 10/01/1888 Presidente titular
43 Coronel Francisco Antônio Pimenta Bueno 10/01/1888 12/06/1888 Presidente titular
44 Coronel Antônio Lopes Braga 12/06/1888 02/07/1888 Presidente interino
45 Cônego Raimundo Amâncio de Miranda 02/07/1888 12/07/1888 Presidente interino
46 Joaquim Cardoso de Andrade 12/07/1888 11/11/1888 Presidente titular
47 Cônego Raimundo Amâncio de Miranda 11/11/1888 12/02/1889 Presidente interino
48 Joaquim de Oliveira Machado 12/02/1889 01/07/1889 Presidente titular
49 Manuel Francisco Machado 01/07/1889 21/11/1889 Presidente titular

3 – Período Republicano

Estado do Amazonas

(Proclamação da República em 15 de novembro de 1889; a notícia chegou a Manaus em 21 de novembro).

                  Nome do Governante

Início

Final

Observações

01 Domingos Teófilo Carvalho Leal 21/11/1889 04/01/1890 Pres/Junta Governo
02 Augusto Ximeno de Villeroy 04/01/1890 02/11/1890 Governo Provisório
03 Eduardo Gonçalves Ribeiro 02/11/1890 05/05/1891 Governador titular
04 Guilherme José Moreira 05/05/1891 25/05/1891 Governo interino
05 Antônio Gomes Pimentel 25/05/1891 30/06/1891 Interventor Federal
06 Coronel Guilherme José Moreira 30/06/1891 01/09/1891 Governo interino
07 Gregório Taumaturgo Azevedo 01/09/1891 27/02/1892 Governador eleito
08 José Inácio Borges Machado 27/02/1892 11/03/1892 Interventor Federal
09 Eduardo Gonçalves Ribeiro  11/03/1892 23/07/1896 Governador eleito
10 Fileto Pires Ferreira 23/07/1896 04/04/1898 Governador eleito
11 José Cardoso Ramalho Júnior 04/04/1898 23/07/1900 Governo interino
12 Silvério José Nery 23/07/1900 23/071904 Governador eleito
13 Antônio Constantino Nery 23/07/1904 20/11/1907 Governador eleito
14 Raimundo Afonso de Carvalho 20/11/1907 23/07/1908 Governo interino
15 Antônio Clemente Ribeiro Bittencourt 23/07/1908 22/12/1912 Governador eleito
14 Antônio Gonçalves de Sá Peixoto 23/12/1912 31/12/1912 Governo interino
15 Jônatas de Freitas Pedrosa 01/01/1913 01/01/1917 Governador eleito
16 Pedro de Alcântara Bacelar 01/01/1917 01/01/1921 Governador eleito
17 César do Rego Monteiro 01/01/1921 10/06/1924 Governo interino
18 Turiano Chaves Meira 10/06/1924 23/07/1924 Governo interino
19 Tenente Alfredo Augusto Ribeiro Júnior 23/07/1924 28/08/1924 Gov. da Revolução
20 General João de Deus Mena Barreto 28/08/1924 30/08/1924 Interventor Militar
21 Coronel Raimundo Rodrigues Barbosa 30/08/1924 02/12/1924 Interventor Militar
22 Alfredo Sá 02/12/1924 01/01/1926 Interventor Federal
23 Efigênio Ferreira Salles 01/01/1926 29/11/1929 Presidente eleito
24 Antônio Monteiro de Souza 27/03/1927 12/12/1927 Substituto eventual
25 Franklin Washington da Silva e Almeida 29/11/1929 01/01/1930 Presidente interino
26 Dorval Pires Porto 01/01/1930 24/10/1930 Presidente eleito
27 Coronel Pedro Henrique Cordeiro Júnior 25/10/1930 03/11/1930 Pres/Junta Governo
28 Tenente Coronel Floriano da Silva Machado 03/11/1930 20/11/1930 Gov. da Revolução
29 Álvaro Botelho Maia 20/11/1930 10/07/1931 Interventor Federal
30 Tenente Emanuel de Moraes 10/07/1931 05/08/1931 Interventor Federal
31 Tenente Antônio Rogério Coimbra 05/08/1931 14/06/1932 Interventor Federal
32 Waldemar Pedrosa 14/06/1932 10/10/1932 Sec. Geral Estado
33 Tenente Antônio Rogério Coimbra 10/10/1932 10/10/1933 Interventor Federal
34 Capitão Nelson de Melo 10/10/1933 06/01/1934 Interventor Federal
35 Tenente Paulo Cordeiro de Melo 06/01/1934 02/03/1934 Interventor Federal
36 Capitão Nelson de Melo 02/03/1934 19/02/1935 Interventor Federal
37 Álvaro Botelho Maia 19/02/1935 28/07/1936 Governador eleito
38 Manuel Monteiro da Silva 28/07/1936 10/10/1936 Governo interino
39 Álvaro Botelho Maia 10/10/1936 27/11/1940 Interventor Federal
40 Rui Araújo 27/11/1940 03/03/1941 Sec. Geral Estado
41 Álvaro Botelho Maia 03/03/1941 07/11/1945 Interventor Federal
42 Emiliano Stanislau Afonso 07/11/1945 16/02/1946 Interventor Federal
43 Júlio José da Silva Nery 16/02/1946 12/08/1946 Interventor Federal
44 Raimundo Nicolau da Silva 12/08/1946 31/08/1946 Interventor Federal
45 João Nogueira da Mata 31/08/1946 13/09/1946 Interventor Federal
46 Capitão Sizeno Sarmento 13/09/1946 01/02/1947 Interventor Federal
47 João Nogueira da Mata 01/02/1947 08/05/1947 Interventor Federal
48 Leopoldo Amorim da Silva Neves 08/05/1947 01/07/1950 Eleito/renunciou
49 Júlio Francisco de Carvalho Filho 01/07/1950 02/08/1950 Governo interino
50 Francisco do Areal Souto 02/08/1950 31/01/1951 Governo interino
51 Álvaro Botelho Maia 31/01/1951 31/01/1955 Governador eleito
52 Plínio Ramos Coelho 31/01/1955 31/01/1959 Governador eleito
53 Gilberto Mestrinho de Medeiros Raposo 31/01/1959 31/01/1963 Governador eleito
54 Plínio Ramos Coelho 31/01/1963 19/06/1964 Eleito/cassado
55 Ruy Araújo 19/06/1964 27/06/1964 Governo interino
56 Arthur Cézar Ferreira Reis 27/06/1964 31/01/1967 Eleito pela ALE
57 Danilo Duarte de Matos Areosa 31/01/1967 15/03/1971 Eleito pela ALE
58 Coronel João Walter de Andrade 15/03/1971 15/03/1975 Eleito pela ALE
59 Henoch da Silva Reis 15/03/1975 15/03/1979 Eleito pela ALE
60 José Bernardino Lindoso 15/03/1979 15/05/1982 Eleito/renunciou
61 Paulo Pinto Nery 15/05/1982 15/03/1983 Governo substituto
62 Gilberto Mestrinho de Medeiros Raposo 15/03/1983 31/01/1987 Governador eleito
63 Amazonino Armando Mendes 31/01/1987 15/05/1990 Eleito/renunciou
64 Vivaldo Barros Frota 15/05/1990 15/03/1991 Governo substituto
65 Gilberto Mestrinho de Medeiros Raposo 15/03/1991 01/01/1995 Governador eleito
66 Amazonino Armando Mendes 01/01/1995 01/01/1999 Governador eleito
67 Carlos Eduardo de Souza Braga 01/01/1999 01/01/2007 Governador eleito
68 Carlos Eduardo de Souza Braga 01/01/2007 31/03/2010 2º mand./renunciou
69 Omar José Abdel Aziz 31/03/2010 01/01/2011 Governo substituto
70 Omar José Abdel Aziz 01/01/2011 Atualidade Governador reeleito

 

P. S. Na organização do presente trabalho consultamos os seguintes autores: Araújo e Amazonas, 1984

 / Berredo, 1989 / Bettendorff, 1990 / Bittencourt, 1925 e 1969 / Ferreira, 2007

 / Loureiro, 1978 / Monteiro, 1994 / Reis, 1989 / e Sampaio, 1985.

Contatos: franciscogomesdasilva.com.br ou franciscogomes.hist@hotmail.com.

Ainda através do celular (092)9988-8305.

Compartilhar

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Me chamo LIDIANE tenho 34 anos e muitas curiosidade a respeito do regime militar. O que o senhor tem a dizer a respeito em especial no Amazonas.
    LIDIANE ALVES.

    • Prezada Senhora Lidiane:

      o Regime Militar (1964-1985), como qualquer outro de caráter
      autoritário, foi pernicioso ao

      Brasil no referente à falta de liberdade, agressão aos direitos humanos,
      perseguição política…

      Mas, no campo da geopolítica e da economia, trouxe muitos benefícios ao
      nosso Estado (e à

      Amazônia como um todo). O tema é assunto para muitas linhas. Sugiro a
      leitura de autores

      tipo Arthur Cézar Ferreira Reis e Antônio Loureiro (historiadores),
      Francisco Ferreira Batista,

      Serafim Correia e José Lins (economistas) e até mesmo acessar a internet
      buscando temas sobre

      “desenvolvimento econômico no Regime Militar (1964-1985)”; “Amazônia:
      antes e após a

      Revolução de 1964”; “Reflexos sócios-econômicos da Ditatura de 1964 na
      Amazônia Brasileira”,

      etc., etc… Foi um prazer contatá-la. Boa sorte a vc. Um grande abraço
      do Francisco Gomes

    • Cara Lidiane: o regime militar na Amazônia só trouxe benefícios. Não foi autoritário nem pernicioso, muito menos com falta de liberdades ou desrespeito ao ser humano. Fazer eco aos comunistas de plantão é muito fácil. Peço descobrir por si própria, e procurando manter-se neutra, verá o quanto os militares fizeram por nossa pátria, tentando unir as populações mais distantes, com navios médicos, assistenciais, educadores, etc. Nesse período ocorreram eleições diretas para vereadores, deputados, senadores, prefeitos no país inteiro. Não é ditadura. Ouça Olavo de Carvalho no Youtube, se preferir. Combateram com fogo guerrilheiros iguais aos da Colômbia, que deixou tudo correr frouxo e por causa disso até hoje 40% de seu território pertence às FARC’s… Não aconteceu NADA na Amazônia, houve prisões e tiroteios entre guerrilheiros (Dilma, Zé Dirceu, Lamarca, etc) no eixo Rio- São Paulo que assaltavam bancos, explodiam bombas em aeroportos (veja aeroporto de Guararapes), matavam militares estrangeiros (Capitão americano Chandler) de emboscada na frente da família, explodiam carros bombas (Cabo Kozel morto quando estava de sentinela), sequestravam embaixadores (Charles Burke Elbrick, embaixador americano), além de escaramuças no Araguaia onde foi preso JOSÉ GENOÍNO (procure foto dele antiga). O Amazonas nunca teve problemas, sempre foi de gente de bem. Forte abraço!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor informe seu nome aqui